Cinco top ilustradores de moda

Fazer esse post não foi uma tarefa fácil! Tem tanta gente fazendo um trabalho tão incrível por aí, que selecionar apenas cinco pessoas nessa vasta lista foi complicado. Só que como eu queria fugir um pouco dos mesmos nomes que sempre despontam nos textos sobre o assunto, resolvi falar de artistas novos, cheios de frescor e com traços muito autorais. Pra gente ter ideias e inspirações novas!

 

Solei Ignacio

Solei Ignacio 2

Solei Ignacio 1

Solei Ignacio 3

Solei Ignacio mora em Manila, capital das Filipinas, e tem apenas 24 anos de idade! Engana-se, no entanto, quem pensa que a moça é uma novata no assunto. Graduada em Comunicação Visual pela Universidade das Filipinas, Solei trabalhou como diretora de arte de uma revista local e hoje faz uma série de trabalhos freelancers para diversos cantos do mundo, tendo despontado recentemente na mídia devido ao seu trabalho tão delicado e forte. Vale muito a pena conhecer os desenhos dela, que tem uma predileção especial por meninas de olhares bem profundos e enigmáticos. Solei também tem um blog! Clica pra conferir.

 

Anna Higgie

 Anna Higgie 1

Anna Higgie 2

Anna Higgie 3

Anna Higgie nasceu na Austrália, mora atualmente na Inglaterra e não tem medo nenhum de escancarar em seus desenhos o quanto a arte é uma grande inspiração para seu trabalho. Foi na área inclusive que se formou com um BFA na Escola Nacional de Arte de Sydney, e entre os grandes nomes da indústria da moda com quem já trabalhou, está o da grande loja de departamento Bloomingdales.

 

Mustafaya Soydan

 Mustafaya Soydan 1

Mustafaya Soydan 2

Mustafaya Soydan 3

“O tema do meu trabalho é complicado. Ele muda conforme meu humor, meu passado, meus desejos para o futuro, algumas imagens do momento e alguns prazeres diários.” É assim que o artista turco Mustafaya Soydan, que já trabalhou para maisons como Tom Ford, Armani e Christian Louboutin, define seu trabalho. Nas fotos daqui do post eu separei apenas uma pequena mostra do seus desenhos, mas no portfólio e loja do artista é possível conferir as diferentes técnicas – da aquarela a colagem – que ele utiliza. O ilustrador também tem uma loja virtual.

 

Alexandre Korobov

Alexandre Korobov  3

Alexandre Korobov 1

Alexandre Korobov 2

 

As ilustrações de Alexandre Korobov poderiam ser facilmente confundidas com fotografias, afinal os desenhos do artista usam e abusam de cores saturadas numa mistura muito próxima da realidade. Apesar de ter começado a carreira como designer gráfico, em 2012 ele foi descoberto por Jeff Jank, diretor artístico da gravadora Stones Trow, e passou a trabalhar como ilustrador. Nessa época, Alexander  foi o criador de várias capas de discos da gravadora e, em paralelo, começou a atuar também na área de ilustração de moda.

 

 

Hanna Muller

Hanna Muller 1

Hanna Muller 2

Hanna Muller 3

O que se sabe sobre Hanna Muller é bem pouco, já que é difícil encontrar muitas informações sobre a ilustradora na internet. Parece até que Hanna se guarda por trás de seus desenhos, desejando que só eles brilhem. No entanto, o que consegui descobrir fuçando um pouco ali e aqui é que essa paixão de Hanna Muller pela arte e pelas ilustrações vem de família, transmitida pelo pai e pelo avô. Hoje, morando na Suécia, ela desenvolveu um traço muito próprio e adora desenhar modelos e seus olhares vítreos, transmitindo muita emoção através de seus desenhos.

Mundo estampado

Nós amamos patterns e trabalhando com o tema Memória, é impossível não mergulhar nesse universo. Pensando nisso, a gente foi pincelando referências lindas de estampas e ilustras por aí. Nesse post, fiz uma seleção de tumblrs especializados em prints&patterns que são um deslumbre só! Vem ver:

Louisa Jane:

Pattern Base:

Garoo Trading Company:

 A girl in the fog:

Patternatic:

Patterns’n’Prints:


Registro de verão

Janeiro pede sol, praia, descanso e ritmo desacelerado, ainda que o ano já tenha começado. Então, antes de cair de cabeça no dia-a-dia agitado, respire fundo e reserve alguns minutos (ou horas!) para relaxar.

Entre os programas simples e deliciosos dos dias quentes estão: assistir ao pôr do sol, tomar um sorvete, andar de skate… ou aprender a surfar — por que não? Comece o dia mais cedo para ganhar um tempo precioso, que não deve ser perdido!

Vamos inspirar?

Grande parte da imagens deste post é do charmoso blog da Zulu & Zephyr. Cheio de fotos lindas, ele super vale a visita, principalmente para os amantes do verão!

Ficou de fora: Edição SPFW

Estava revendo meu backup da última SPFW em busca do desfile da Têca, que será uma ótima referência e inspiração para nosso tema central da edição 11 (#spoiler!), e encontrei várias fotos que acabei não publicando.

Adoro publicar por aqui as fotos que ficaram de fora dos editoriais e decidi fazer o mesmo com as da SPFW.

Algumas apareceram em nossos albuns de street style do Facebook (curte lá!), algumas foram editadas pelo Gabriel Comym na edição 10 (ficou lindo, já viu?)  e outras realmente são inéditas.

Quem acompanha a cobertura lagártica das semanas de moda sabe que a gente adora um olhar diferente. Eu sou apaixonada pelo backstage, por exemplo, e todas as surpresas que só quem tem olhar apurado consegue capturar. E também amo clicar os detalhes dos looks de rua.

Muitas vezes o look inteiro não consegue passar o que um close consegue… Acabei criando um estilo próprio (inicialmente inspirado pelos cliques do Tommy Ton, blogger que clica pro Style.com) e as fotos falam muito além de look do dia. A foto passa uma mensagem, não só de quem está sendo clicado. A composição, a captura, a imagem pós-produzida e o jeito que é cropada é um olhar em cima de outro. Torna-se uma criação conjunta. É bem bacana quando pensamos assim… com mais alma.

 

Para ver mais fotos, clica na nossa fanpage, ou na parte de Moda aqui do blog. A edição 10 também está com uma matéria super bacana, “Sobre ser livre na moda”, com imagens surreais editadas pelo designer Gabriel Comym.